terça-feira, 23 de agosto de 2011

Amazônia Legal: degradação florestal aumenta 241%

Novo boletim do Imazon apontou que, nos últimos 11 meses, a degradação florestal na Amazônia Legal totalizou mais de 6 mil km², representando um aumento de 241% com relação ao período anterior





O Imazon - Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia divulgou nesta terça-feira, 23/08, o boletim do SAD - Sistema de Alerta de Desmatamento da Amazônia Legal referente ao mês de julho de 2011, que aponta que houve aumento de 241% na degradação florestal da região nos últimos 11 meses.

Provocada, entre outras atividades insustentáveis, pela exploração ilegal de madeira, a degradação florestal totalizou 6.389 km², entre agosto de 2010 e julho de 2011, enquanto que, no período anterior – agosto de 2009 a julho de 2010 –, a prática afetou 1.873 km² de floresta.

Segundo o boletim do SAD, o desmatamento acumulado na Amazônia Legal, nos últimos 11 meses, também sofreu aumento de 9%: foram registrados 1.628 km² desmatados entre agosto de 2010 e julho de 2011, contra 1.488 km² no período anterior.

AS BOAS NOTÍCIAS DE JULHO Ao comparar, apenas, os índices de julho de 2010 e 2011, o boletim do SAD trouxe boas notícias, no que diz respeito ao desmatamento e à degradação florestal da Amazônia Legal. Segundo o relatório, houve queda de 40% no desmatamento da região e de cerca de 27% nas práticas de degradação florestal.

O Imazon alertou que os dados do SAD não são 100% precisos, por conta da cobertura de nuvens na região da Amazônia Legal. O fenômeno impossibilitou o monitoramento em cerca de 18% da região.

O Boletim do SAD referente a julho de 2011 está disponível, na íntegra.

Leia também: Desmatamento na Amazônia chegou a 225 km² em julho, sendo Inpe
Especial Amazônia: É possível conciliar desenvolvimento e conservação?

Fonte: http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/ambiente/amazonia-legal-degradacao-florestal-desmatamento-imazon-637422.shtml

Nenhum comentário:

Postar um comentário