sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Responsabilidade e Educação Ambiental, artigo de Donato Velloso


Nós que tivemos a oportunidade de ensino público de qualidade em décadas passada aprendemos desde pequenos que devemos diariamente celebrar e cuidar de todas as formas da vida, a mais preciosa manifestação do nosso planeta TERRA.
Até onde conhecemos, ela só é possível, porque temos elementos como água, indispensável nos organismos vivos, energia, essencial para as reações biológicas que ocorrem nos organismos, luz absorvida pelos vegetais através do processo da fotossíntese. Esses fatores atuam em conjunto e são os responsáveis pelas condições ambientais que possibilitam as diversas formas de vidas conhecidas.
É fundamental compreender que os seres vivos do qual nós humanos apenas fazemos composição têm seu modo próprio de vida, não vivem sós, influenciam uns aos outros e dependem do conjunto das condições do ambiente onde convivem.
Os seres vivos cultivam hábitos e se adaptam ajustados ao ambiente onde habitam.
A luz do sol, temperatura, ciclo hidrológico, pressão atmosférica estão todos relacionados e são responsáveis pelas condições ambientais. As temperaturas variáveis que denominamos CLIMA estão conforme as estações do ano, ora mais chuva, mais quente, mais amena, mais fria.
De relações equilibradas que estabelecemos com a diversidade dos outros organismos vivos, como bactérias, micróbios, entre outros e com o ambiente proporcionamos nossa sobrevivência conjuntamente.
Já temos conhecimento que nas folhas, troncos e raízes das arvores existem elementos complexos compostos por microorganismos que interagem entre si, com as plantas, animais e com a atmosfera. Uma diversidade enorme que pouco conhecemos, assim como seres que habitam as profundezas dos oceanos.
A grande biodiversidade encontrada nos diversos ecossistemas ressalta a importância da pesquisa na busca por conhecimento e garantir um futuro mais promissor.
Nos últimos anos, cresce o interesse por assuntos relacionados ao meio ambiente em que vivemos por conta das comprovadas e ameaçadoras mudanças climáticas nos mais diferentes lugares da Terra. Essas informações e imagens nos mostram destruição das florestas que restam, aumento da poluição no ar e nas águas, disposição inadequada de resíduos, chuvas acidas, enchentes, furacões, terremotos, extinção de espécies, efeito estufa e muitas outras agressões ambientais.
Mas qual o significado disso tudo? Reflexão e ação urgente se fazem necessária, ou não? Estamos de fato ameaçados? A vida pode esta comprometida?
Para evitar e minimizar os riscos inevitáveis que nos ameaçam e evitá-los precisamos conhecer os mecanismos das complexas relações entre os seres vivos e o ambiente em que convivemos. .Se faz urgente estarmos preparados para as mudanças que devemos promover e enfrentar o aumento irreversível da temperatura da TERRA e as mudanças climáticas, tanto as de iniciativas governamental, empresarial, quanto as individuais, para que possamos sobreviver com qualidade.
Daí se faz a importância da educação e responsabilidade ambiental, o desenvolvimento da capacidade intelectual do homem no que diz respeito à ecologia, visando intensa participação na conservação e preservação do ambiente.
Faça a diferença, junte-se a nós!
Fonte :D onato Velloso, Presidente, Instituto Ecológico Lagoa Viva

Nenhum comentário:

Postar um comentário