quarta-feira, 26 de outubro de 2011

5 coisas que não podem faltar em uma residência sustentável

Para que sua residência siga os rumos da sustentabilidade o CicloVivo separou algumas dicas para tornar isso possível, tanto em uma casa construída ou em fase de construção.
A casa “ecológica” além de garantir o bem-estar dos usuários, beneficiará também o meio ambiente. As aplicações de conceitos de conservação ambiental devem começar dentro de casa, mas o ideal mesmo seria começar na fase de construção do imóvel.
1. Eficiência Energética: Utilize o máximo possível da ventilação e luz natural, tenha janelas grandes com persianas para ter controle da luminosidade e paredes em tijolos de vidro ou com tons de tinta claros. Procure utilizar fontes de energia alternativa como os painéis solares que captam o calor para aquecimento da água. Instale sensores de iluminação e escolha lâmpadas de baixo consumo energético. Para um maior aproveitamento, no caso das casas em construção, procure construir de forma que a incidência solar seja aproveitada na maior parte da residência.
2. Eficiência e Gestão no Uso da Água: Instale sensores para evitar o desperdício. Crie sistemas de reaproveitamento de águas residuais. Instale cisternas de captação de água da chuva, armazenamento e tratamento e use-a na rega dos jardins, descargas, limpeza, entre outros usos permitidos para água não potável. Tenha válvulas na descarga com dois tipos de pressão.
3. Eficiência na Gestão dos Resíduos: Separe os lixos recicláveis e planeje a viabilização da entrega destes materiais para cooperativas, ou órgãos que trabalhem com esta função. Se possível faça uma composteira caseira com os resíduos orgânicos.
4. Crie um ambiente, interno e externo, com elevada qualidade no que diz respeito à paisagem local. Se morar em casa tenha jardins. Se morar em apartamentos tenha pequenas hortas. Já é possível montar hortas caseiras em ambientes internos e pequenos. Proveja saúde e bem-estar aos ocupantes ou moradores da casa.
5. Na construção, escolha materiais com certificação ambiental, de manejo sustentável principalmente quando se trata de madeira, e utilize técnicas ambientalmente corretas. Tudo o que envolve os tipos de materiais empregados na obra devem levar em conta a necessidade, o desperdício, a energia gasta no processo até ser implantado na construção e, finalmente o descarte adequado destes materiais e o possível reaproveitamento. É importante dar condições dignas de trabalho para os operários.

Fonte : CICLO VIVO_Plantando Notícias
http://ambientalsustentavel.org/2011/5-coisas-que-nao-podem-faltar-em-uma-residencia-sustentavel/

Nenhum comentário:

Postar um comentário