quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Torre verde em Milão deverá ter autossuficiência energética

A cidade de Milão deve ganhar até o final de 2014 um condomínio vertical cujo projeto promete optimizar, recuperar e produzir a própria energia.
Denominado Bosco Verticale – em português, bosque vertical - o conjunto inclui duas torres residenciais cobertas por árvores de médio porte, que deverão amenizar a influência do frio e do calor dentro dos apartamentos.
Outra influência no microclima local será a redução da quantidade de partículas e o aumento da umidade – Milão é uma das cidades mais poluídas da Europa.
A irrigação das plantas será feita com água de reuso proveniente do próprio edifício, e sistemas de captação de energia eólica e solar fornecerão toda energia elétrica consumida por seus moradores.
De acordo com os arquitetos, se o condomínio fosse horizontal, ele ocuparia 50 mil metros quadrados de área construída e e 10 mil metros quadrados de áreas verdes.
O projeto faz parte do BioMilano, programa da prefeitura de Milão que pretende ocupar com habitação a zona rural do município.
Fonte : ARCO WEB

_Itália tem primeiro bosque vertical do mundo_ Explorar a verticalidade das grandes cidades é uma lei: arquitetos e urbanistas ao redor do mundo não param de anunciar novos modos de aproveitar o espaço urbano para o bem do meio ambiente. A mais recente proposta veio de Milão, na Itália. O arquiteto Stefano Boeri declarou que seu “Bosco Verticale”, o primeiro bosque vertical do mundo, já está ganhando forma. Anunciado em 2007, o projeto prevê duas torres, de 110 e 70 metros, cobertas por árvores e plantas. Se fosse horizontal, a floresta ocuparia o espaço de um estádio de futebol. Fonte : ISTO É_Laura Daudén

Veja mais: www.stefanoboeriarchitetti.net
Imagens: Stefano Boeri Architetti

http://ambientalsustentavel.org/2011/torre-verde-em-milao-devera-ter-autossuficiencia-energetica/

Nenhum comentário:

Postar um comentário