segunda-feira, 17 de junho de 2013

Como plantar: Espinafre

Reconhecido como uma das hortaliças mais nutritivas, é indicado para pessoas anêmicas e também ajuda a controlar a pressão arterial
Texto João Mathias
Consultor Geovani Bernardo Amaro*


Os fãs do desenho animado Popeye sabem o quanto o espinafre faz bem: toda vez que vai enfrentar Brutus, o inimigo fortão, para salvar sua amada Olívia Palito, o marinheiro recorre a um punhado dessa folhagem para ganhar mais força. E não é para menos: a hortaliça é rica em ferro, vitaminas A, B1, B2, B5, C, D, E, K, cálcio, fósforo, potássio, magnésio, ferro, sódio, enxofre, cloro e silício.
Por conta de todas essas propriedades, é indicado para pessoas com anemia e desnutrição, além de ajudar no combate à pressão arterial alta e cálculos renais.
Existem dois tipos de espinafre, originários de diferentes regiões. Um deles pertence à família Chenopodiaceae, é nativo do sul da Ásia e foi levado para a Europa no início do século 12. O outro, mais fácil de ser encontrado no Brasil, é da família Aizoaceae, com origem na Nova Zelândia e Austrália. É cultivado principalmente nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.
A hortaliça é fácil de plantar, pois não exige muito espaço. Uma opção para locais com pequena área disponível é o uso de caixas com altura de 20 a 25 centímetros.
O cultivo da hortaliça é simples, já que não é das mais exigentes; é também rústica, com boa resistência a pragas e doenças
 
O espinafre também é rústico e tem resistência a muitas pragas e doenças. Contudo, fungos e insetos são seus maiores inimigos. Eles comem as folhas ou sugam a planta. Deixar a horta sempre limpa ajuda a evitar a presença dos invasores.
O espinafre pode ser consumido em saladas, sopas, suflês, omeletes e no recheio de tortas, massas e quiches. O melhor é utilizar as hortaliças com folhas verdes uniformes, sem sinais de murchamento e pontos escuros. Como tem durabilidade baixa, o espinafre precisa ser conservado no refrigerador, onde se mantém por no máximo cinco dias.
*Engenheiro agrônomo, pesquisador da Embrapa Hortaliças, Rod. BR 060, km 9, Caixa Postal 218, CEP 70359-970, Brasília, DF, tel. (61) 3385-9000, geovani@cnph.embrapa.br
RAIO X
Plantio: o ano todo
Solo: leve e fértil, com textura média
Temperatura: de 18 a 23 graus
Colheita: de 60 a 80 dias após o plantio
Produção: de 4 a 6 maços por metro quadrado
MÃOS À OBRA
Clima - Regiões com temperaturas entre 18 e 24 graus são ideais para cultivar espinafre. Se o clima for mais quente, o plantio é preferencialmente feito entre março e julho. O excesso de calor prejudica o crescimento da hortaliça e facilita o florescimento precoce. No entanto, há cultivares mais tolerantes, que podem ser plantadas o ano inteiro.
Cultivo - Pode ser feito por meio de sementes plantadas diretamente no solo ou em sementeiras, para depois serem transplantadas para o canteiro. A hortaliça gosta de solos leves, de textura média, férteis e adubados a partir da análise de fertilidade.
Preparo - Em um vaso é possível cultivar a planta, mas em canteiros de cinco a dez metros quadrados há melhor aproveitamento para diversificar com cebolinha, salsa, couve, alface e cenoura. O cuidado básico em hortas é incorporar, de quatro em quatro anos, de 100 a 150 gramas de calcário. Ponha, a cada ano, cinco quilos por metro quadrado de esterco bovino curtido, com 100 a 150 gramas por metro quadrado de adubo NPK (formulação 4-14-8).
Adubação - Na de cobertura são necessárias duas aplicações de 20 gramas por metro quadrado de sulfato de amônio ou NPK (10-0-10). A primeira deve ser realizada 30 dias e a segunda, 50 dias após a germinação.
Semeadura - Para acelerar a germinação, deixe as sementes imersas em água por 24 horas antes de serem plantadas. No plantio direto, coloque de duas a três sementes por cova, com profundidade de um a dois centímetros. O espaçamento entre covas pode mudar de acordo com a época do cultivo e variedade cultivada, entre outros fatores. Experiências na Embrapa Hortaliças obtiveram sucesso com espaços de 30 x 20 e de 30 x 30 centímetros.
Sementeira - Se esta for a opção de plantio, distribua as sementes em bandejas de isopor um mês antes do transplantio, até que apresentem quatro ou cinco folhas.
Irrigação - Faça regas diárias de cinco litros por metro quadrado nos primeiros 40 dias. Após este período, amplie para dez litros o metro quadrado a cada dois dias até a colheita, que ocorre até 80 dias após o plantio. Corte os ramos maiores, com 35 centímetros, e que tenham cor verde-escura.
Custos - Variam segundo a tecnologia e a região. Podem ser encontradas bandejas de isopor com 128 mudas a preços que vão de seis a oito reais, com a devolução da bandeja. Na compra de sementes, o preço médio é de 1,20 real por cinco gramas. Para cobrir um hectare, são estimadas 35 gramas de sementes, porém, muitas hortas semeiam só uma vez. Após a primeira semeadura, a planta produz as próprias sementes, que caem no solo e germinam novas mudas.
Mais informações: IAC - Instituto Agronômico de Campinas, Caixa Postal 28, CEP 13012-970, Campinas, SP, tel. (19) 3241-5188; outras orientações sobre cultivo de espinafre, entre em contato com a Emater - Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do seu estado e também com os engenheiros agrônomos de prefeituras municipais

Nenhum comentário:

Postar um comentário